quinta-feira, 28 de outubro de 2010



"Tudo que você realmente precisa é amor, e um pouco de chocolate."




(Lucy Van Pelt)

Saudade

...

Saudade é basicamente não saber.

Não saber se ele continua fungando num ambiente mais frio.
Não saber se ele continua sem fazer a barba por causa daquela alergia.
Se aprendeu a entrar na internet,se aprendeu a ter calma no trânsito.
Se continua preferindo cerveja a uísque(e qual a cerveja)
Se continua sorrindo com aqueles olhos apertados,e que sorriso lindo.
Será que ele continua cantando aquelas mesmas musicas tão bem(ao menos eu admirava)?
Será que ele continua fumando e se continua adorando Mac Donald's?
Será que ele continua lendo os livros que já leu?
Será que ele continua tossindo cada vez que fuma?

Saber é não saber mesmo!!!
Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais longos, não saber como encontrar
tarefas que lhe cessem o pensamento.
Não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor
de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber se ele está com outra,e ao mesmo tempo querer.
É não saber se ele está feliz,e ao mesmo tempo perguntar a todos os amigos por isso...
É não querer saber se ele está mais magro,se ele está mais belo.
Saudade é nunca mais saber de quem se Ama e ainda assim doer.
Saudade é isso que senti(e sinto) enquanto estive escrevendo e o que você (deveria)
provavelmente estar sentido agora depois que acabou de ler

Quem inventou a distância nunca sofreu a dor de uma saudade!!!
 
                              (Martha Medeiros)

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

quem dera

''Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não.


É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação.

Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto.''



(Martha Medeiros)


"A gente implora a Deus para que nos ajude a esquecer um amor


quando na verdade não é esquecer que precisamos: é lembrar corretamente."



(Martha Medeiros)

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O amor é filme

Um belo dia a a gente acorda e hum...

Um filme passou por a gente e parece que já se anunciou o episódio dois
É quando a gente sente o amor se abuletar na gente tudo acabou bem,
Agora o que vem depois
O amor é filme
Eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida, dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica
É quando as emoções viram luz, e sombras e sons, movimentos
E o mundo todo vira nós dois,
Dois corações bandidos
Enquanto uma canção de amor persegue o sentimento
O Zoom in dá ré e sobem os créditos

O amor é filme e Deus espectador!

( O Teatro Magico)
"Eu quero estar amanhã ao seu lado quando você acordar

 Eu quero estar amanhã sossegado e continuar a te amar

 Eu quero um sonho realizado... uma criança com seu olhar.!"

     (Charlie Brown Jr.)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010


"Eu só aceito a condição de ter você só pra mim.

 Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir... e rir."

                              -Los Hermanos-

Amém.!




"...pedir, mesmo em vão, porque pedir não só é bom, mas às vezes é o que se pode fazer quando tudo vai mal."







                     - Caio Fernando Abreu -

quinta-feira, 14 de outubro de 2010




"E foi tratando de enxugar depressa as lágrimas; depois continuou, como quem não se preocupa com essas coisas..."

(Alice no País dos Espelhos)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010


Ela sabia que precisava dele. Pelo menos naquela noite chuvosa e sem grandes esperanças. Mas tinha medo da compulsão. De querer ele sempre e sempre e pra sempre. E amanhã e depois. E de dia, e tarde, de madrugada. E não saber digerir tanto amor e tanto amor acabar lhe fazendo mal. Só mais um pouquinho, pensou. Uma lasquinha. Pra dormir feliz. Amanhã era amanhã. Depois ela resolvia..."

                             - Tati Bernardi -

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Mas volto e volto sempre, então me invades outra vez com o mesmo jogo e embora supondo conhecer as regras, me deixo tomar inteiro por tuas estranhas liturgias, a compactuar com teus medos que não decifro, a aceitá-los como um cão faminto aceita um osso descarnado, essas migalhas que me vais jogando entre as palavras e os pratos vazios, torno sempre a voltar... tornarei sempre a voltar porque preciso desse osso, dos farelos que me têm alimentado ao longo deste tempo, e choro sempre quando os dias terminam porque sei que não nos procuraremos pelas noites, quando o meu perigo aumenta."
                                                    - Caio F. Abreu -

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Li, adorei e indico o livro "O Futuro da Humanidade" do autor Augusto Cury... um livro que mexe com nossas emoções.

"... beijaram-se. Dois mundos, duas historias se cruzaram. Amoroso, ele cobriu seus olhos, sua testa e seu queixo de pequenos beijos.
   Em seguida, quis dar algo forte, unico, inesquecivel, que marcasse aquele momento e fosse capaz de simbolizar tudo o q ele sentia por ela e revelasse o tipo de homem que ela encontraria. Um homem incomum tinha de dar um presente incomum
  A lua estva minguante e o céu límpido. Abrindo os braços ele perguntou:
  - Anna, olhe para o alto. Observe o teatro incompreensivel do universo. o que você vê?
  - Vejo lindas estrelas
  - Escolha uma
 Ela sorriu. havia milhares invadindo suas pupilas. Anna escolheu uma estrela brilhante do lado esquerdo do firmamento
  - Escolho aquela - disse, apontando
  - De hoje em diante aquela estrela será sua. Mesmo quando seu céu estiver coberto por tempestades, aquela estrela estará brilhando dentro de você, mostrando os caminhos que deve seguir e revelando todo o meu amor por você
  Anna flutuou. Já ganhara presentes carissímos, colares de esmeraldas, aneis de diamantes, carros ultimos tipos, ações, apartamentos, mas jamais se esqueceria de que ganhara uma estrela..."


O mundo precisa mais desses homens incomuns capazes de um dia nos dar uma estrela.!!